Conecte-se com

Noite de arte e cultuta em São Félix: A OCA foi pra feira

Arte e Cultura

Noite de arte e cultuta em São Félix: A OCA foi pra feira

O 1º Sarau do projeto produzindo para as OCA’s foi realizado na Feira do Produtor de São Félix do Coribe (BA) na noite da última sexta-feira (26).

Na noite da última sexta-feira, dia 26 de fevereiro, o espaço da Feira da Agricultura Familiar de São Felix do Coribe foi tomado, literalmente, pela galera da OCA. Lá tinha arte em madeira, música, teatro, poesia, literatura, pintura e fotos. Tinha um pouco de toda arte que é produzida na Bacia do Corrente.

Não é que a OCA foi para Feira. Desde que o projeto Oficina Cultura de Arte chegou em Santa Maria da Vitória, a frase que mais ficou gravada na mente foi a genial “Sai da toca e vem para OCA”. Mas dessa vez, foi a OCA que foi ao encontro do público.

A OCA foi para feira

Se no palco, os cantores Kleber Eduão, Katia Castro e Gerri Cunha soltaram a boa música, lá em embaixo os artistas demonstraram o resultado da inspiração em madeira, telas e letras no papel. As crianças, como sempre, fizeram a festa. A molecada ficou encantada com os carrinhos de madeira, carrancas e toda arte que tiveram acesso. Isso sem contar a emoção sentida pelo público com a apresentação do teatro poético das poetisas Ana Helena Mallero e Arinca Mallero e de outros artistas de São Félix e Santa Maria.

Quem faz arte e leva cultura para a população contribui diretamente com a cidadania, por isso, o Matutar não poderia deixar de parabenizar os idealizadores do projeto. Parabéns Paulo Alberto, Hemerson Pachamana, Mazzo Rodrigues, Welton de Jesus, Nay Santos, Fabiano Ferreira, Diego Silva e os demais artistas que foram responsáveis pelo evento.

O 1º Sarau foi realizado pelo Projeto Produzindo nas OCA’s para trocar na feira, dinamizando espaços, cultura e economia, que conta com financiamento da Secretária de Cultura do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura.

Fotos: Cleudir Neves

Continuar lendo

Jornalista, santa-mariense e idealizador do Matutar com objetivo de debater assuntos que possam promover mudanças sociais na região da Bacia do Corrente. Idealista por natureza, curioso pela força da profissão e dono de um olhar sensível aos problemas sociais. Maurizan tem uma mente inquieta e está sempre a procura de novas historias para conhecer e contar.

Bora Matutar? Deixe seu comentário

Mais notícias sobre Arte e Cultura

Topo