Conecte-se com

Em vídeo, professores de Correntina exigem solução para problemas da Educação

Cidadania

Em vídeo, professores de Correntina exigem solução para problemas da Educação

Os professores de Correntina, região Oeste da Bahia, alegam que o município tem condição de pagar os professores em dia, só não faz por falta de gestão.

A greve dos professores de Correntina (BA), iniciada no último dia 17 de setembro, defende a regularização dos salários atrasados, a melhoria da merenda escola e a falta de infraestrutura nas escolas da rede municipal de ensino. O prefeito alega que a culpa é da crise econômica pela qual passar o país, mas os professores defendem que o problema é de gestão e boa vontade política.

Assista o vídeo gravado pela Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores da cidade e entenda os motivos da greve na voz dos próprios professores.

Em nota, o prefeito Ezequiel Barbosa (PSDB) afirmou que jamais houve qualquer tipo de ofensa aos professores. O texto diz que o Sindicato age de forma calunioso, leviana e perniciosa.

Nota do prefeito Ezequiel sobre a greve

Enquanto isso, a greve dos professores continua sem solução e os alunos prejudicados.

 

[box type=”info” align=”alignleft” class=”” width=””]

Eu repórter Matutar

Se você sabe de uma história legal, denúncia, um fato importante na sua cidade ou quer compartilhar um tema interessante com os leitores do Matutar, não pense duas vezes, é muito fácil sugerir matérias. Mande sua sugestão para o e-mail: pauta@matutar.com.br ou envie sua mensagem por meio da nossa página no facebook.com/matutar

[/box]

Continuar lendo

Jornalista, santa-mariense e idealizador do Matutar com objetivo de debater assuntos que possam promover mudanças sociais na região da Bacia do Corrente. Idealista por natureza, curioso pela força da profissão e dono de um olhar sensível aos problemas sociais. Maurizan tem uma mente inquieta e está sempre a procura de novas historias para conhecer e contar.

[fbcomments]

Mais notícias sobre Cidadania

Topo