Conecte-se com

Não imponha limites, você é do tamanho dos seus sonhos

Cidadania

Não imponha limites, você é do tamanho dos seus sonhos

A história ainda não está concluída porque nunca estará de verdade. O texto demonstra que os sonhos são os motores que impulsionam as conquistas da vida

Vivemos em um mundo onde cada vez menos as pessoas cultivam o sentimento de esperança. O imediatismo impulsionado pelo mercado, vai ao longo dos anos, nos tirando a capacidade de ter esperança e sem ela os indivíduos entregam suas vidas ao ermo e certeza de não realizações de seus sonhos.

O que é a esperança? senão o temor diante da não possibilidade de realização do concreto, mais a vontade de esperar seu resultado distinto baseado no acaso.

matutar-sonhos-sao-reais-glauber-rogeris

Nascer em uma cidade pequena, dentro de um estado desigual socialmente, no país onde se viaja do PIB da Somália ao PIB da Suíça, dentro da mesma cidade (Rocinha e Leblond no Rio de Janeiro) foi uma grande pedra no meu caminho, porém não tão grande quanto meus sonhos. Por ironia do destino, minha mãe me batiza de Glauber, do alemão “glauben” = crer e meu nome acaba por dizer muito de mim: “aquele que crê”.

Sair de Santa Maria da Vitória não foi tarefa fácil e sempre focado nos estudos e no trabalho, procurei dar o meu melhor, para onde quer que eu fosse. Fui designer, técnico em informática e redes, programador, professor, assistente de gabinete, assessor político, coordenador habitacional, passei no vestibular de Pedagogia em segundo lugar do Estado do Ceará, formei-me pedagogo pela Universidade Estadual do Ceará, Delegado Nacional de Educação (CONAE 2010) representante dos alunos da educação superior daquele estado. Mesmo com todos esses feitos, faltava aquele que eu mais queria; tornar-me um advogado.

Aprovado no ENEM e agraciado com uma bolsa integral na Pontifícia Universidade Católica do Goiás (PUC-GO) hoje estou no sétimo semestre do curso de Direito e ainda não satisfeito com a graduação tão somente, aventurei-me no programa de bolsas internacionais da PUC-GO, que exigia média de aproveitamento mínimo de 7,5.  Submeti minha candidatura na esperança de conseguir a bolsa pois contava com a média 9,1 de aproveitamento.

Hoje estou delegado Organização Internacional do Trabalho pela Conferência Internacional do Trabalho (CIT – COIMBRA 2017), aluno de Direito da Augusta a Sofia Universidade de Coimbra em Portugal, na mesma sala onde estudaram grades nomes da nossa literatura, tais como: Eça de Queiroz, Luiz Vaz de Camões, Gregório de Matos, Tomás Antônio Gonzaga, José Bonifácio, até o Brás Cubas personagem fictício de Machado de Assis, estudou aqui.

Após visitar cinco países, passar por muitas dificuldades e ter que superar os problemas políticos brasileiros e a saudade da minha terra. Olho para trás e vejo um esperançoso pleno com as conquistas que almejei e mesmo assim insatisfeito, pois sei que posso mais e consigo ir mais longe. Meus limites? Não me imponho limites. Qual meu tamanho? Sou do tamanho dos meus sonhos. Por que não crio raízes? É pelo fato de eu ter asas. Quem sou eu? Glauber Rogeris Oliveira Nunes, santamariense, filho de D. Mercês e Seu Olival. residente europeu, futuro jurista brasileiro e esse que vos escreve nessa manhã de sábado, ao som do dobrar dos sinos das catedrais europeias.

Até a próxima! Este será, a partir de hoje, nosso espaço para debater ideias e impulsionar sonhos.

Continuar lendo
Glauber Rogeris

Pedagogo formado pela UECE e estudante de direito da PUC-GO e Universidade de Coimbra, pelo programa de mobilidade internacional. Amante das belas artes, pesquisador do Filósofo Ernst Bloch (O filósofo da esperança), humanista convicto, visão política de esquerda por influência do Professor e melhor amigo Antônio Fernando de Oliveira (Kaofo), baiano por natureza, geek por vocação e fã do Elvis Presley.

Bora Matutar? Deixe seu comentário

Recomendados para você

Mais notícias sobre Cidadania

Topo