Conecte-se com

Festa de Iemanjá é comemorada com muito axé na cidade de Santana (BA)

Arte e Cultura

Festa de Iemanjá é comemorada com muito axé na cidade de Santana (BA)

Santana comemora dia de Iemanjá com festa que reuniu mais de 500 pessoas em evento realizado na sede e na comunidade de Porto Novo às margens do rio Corrente.

Festa de Iemanjá na comunidade de Porto Novo município de Santana (BA); foto por Robson Vieira.As festas de janeiro são efervescentes na Bahia, incluindo o famoso carnaval. O mês começa dedicado a Rainha do Mar, Iemanjá no sincretismo religioso para o povo de santo e Nossa Senhora dos Navegantes para a comunidade católica, com isso essa se torna umas das maiores celebrações religiosas do estado.

Momento de oração para entrega das oferendas; foto por Robson Vieira.

Em Santana (BA), nesta quinta-feira, 02/02, o povo do Terreiro Santa Bárbara, cuja responsável é a mãe de santo Dona Maria, se empenharam na realização de uma grande festa que mobilizou toda cidade, sede e comunidades rurais e demais municípios da região, e contou um público estimado em mais de 500 pessoas.

O evento começou com alvorada festiva, às 5h, seguido de cortejo pela ruas da cidade se estendendo até as margens do Rio Corrente na comunidade de Porto Novo. Lá teve um momento de apresentação cultura de grupos de capoeira e entrega das oferendas. “Eu sinto muita força e muito axé, muita alegria. Foi minha saída de santo do dia de hoje data em que completo 56 anos de terreiro e festa. Se eu tiver com saúde e força quero fazer mais anos”, Dona Maria ao avaliar o evento.

Maria Gomes da Silva, conhecida como D. Maria, mãe de santo do Terreiro Santa Barbara em Santana (BA); foto por Robson Vieira.

O evento religioso foi, sem dúvidas, expressão de riqueza para toda região, considerando que esse tipo de manifestação tende a ser discriminado em função da intolerância religiosa. No entanto os filhos e filhas de santo deram grande exemplo de respeito e tolerância na realização dessa grande festa que já compõe o calendário religioso e cultural do nosso Território.

Clique para ver as fotografias do evento

Continuar lendo

É um jovem santa-mariense licenciado em teatro; bacharel em ciências sociais (com ênfase em políticas públicas); especialista em mídias, arte/educação intermidiática digital e patrimônio, direitos culturais e cidadania e mestrando em antropologia social. Atento aos problemas cotidianos e busca neles, nos problemas, respostas que nem sempre encontra, mas que jamais desistiu de procurar. Robson Vieira por ora é isso, depois nem isso.

[fbcomments]

Mais notícias sobre Arte e Cultura

Topo